07/02/2015

Armas da Segunda Guerra Mundial (2004)

Titulo Original: Heroes and Weapons of WWII (BBC)
Ano: 2004
País: Inglaterra
Gênero: Documentário
Narração: Robert Powell
Episódios: 10

Como prometido, esta é a continuação da série Heróis e Armas da Segunda Guerra Mundial, com os 10 episódios restantes.

Sinopse: Em 1939, o mundo foi para a guerra usando armamento obsoleto. A fim de ganhar a supremacia era necessário um exército de designers, inventores e fabricantes para desenvolver e fabricar mais e mais sofisticadas máquinas de matar. Nesta série "As Armas da II Guerra Mundial" acompanharemos o desenvolvimento de cada sistema de armas, desde seu surgimento no início do século, até a sua total utilização durante e Segunda Guerra Mundial.

11 - TANQUES:
A partir de tanques leves pré-guerra, veremos o surgimento dos grandes tanques, como os Panthers lendários e os Tigers de 1944/45. Foram os tanques alemães de engenharia complexa os mais eficientes? Veremos que os mais confiáveis eram o T-34 russo, e o americano Sherman, destruindo formações de tanques alemães com sua vantagem numérica.

12 - MINI-SUBMARINOS:
Desde os ataques a Pearl Harbor, até a armada britânica no Mediterrâneo e o ataque ao Tirpitz, mini-submarinos fizeram sua parte em algumas das histórias mais emocionantes da guerra. Este programa relembra os encontros heroicos dos homens nessas mini-naves contra gigantes cruzadores dos mares.

13 - PLANADORES:
Quando não foi possível para aeronaves pousar com segurança no território inimigo, os planadores foram a resposta perfeita para a entrega de forças especiais atrás das linhas inimigas. Paraquedistas alemães usaram espetacularmente planadores para pousar em meio as defesas belgas em 1940, enquanto britânicos enviaram à terra soldados para conquistar uma ponte sobre o Reno, em Arnhem em 1944.

14 - PORTA-AVIÕES:
Porta-aviões gigantes dominaram a Guerra do Pacífico entre o Japão e os EUA. O Ataque em Pearl Harbor falhou na tentativa de destruir porta-aviões americanos, enquanto na batalha de Midway, o ponto de virada na Guerra do Pacífico, foi vencida por tremendos ataques dos EUA contra navios de guerra japoneses. Este programa dramática ação.

15 - CAÇAS-BOMBARDEIROS:
Este programa analisa os principais caças bombardeiros de todos os lados, incluindo o Thunderbolt americano, o Sturmovik russo, e o Hurricane britânico desenvolvido para transportar bombas e foguetes para fins de ataque ao solo.

16 - BOMBARDEIROS:
O bombardeiro foi a arma mais mortal da Segunda Guerra Mundial. Lançando um "tapete de bombas" sobre uma cidade inimiga ou bombas de precisão sobre alvos militares específicos, o bombardeiro tinha um enorme potencial destrutivo, bem maior que o de qualquer outra arma. Iremos acompanhar e ver o trabalho dos modelos quadrimotor britânico Avro Lancaster, bem como o B-24 Liberator, e por fim as fortalezas voadoras  B-17, e o pressurizado B-29 muito utilizado no pacífico.

17 - O ENCOURAÇADO:
No início da II Guerra Mundial, navios de guerra foram vistos como a principal arma do mar, e seu enorme poder de fogo dominou as ondas. Mas ao começar a guerra sua vulnerabilidade foi exposta por submarinos e aviões. Este programa olha para os grandes confrontos dos navios, como Bismarck e Rei George V e a maneira pela qual o papel dos encouraçados foi alterado para o de bombardeio da costa e trabalho de escolta.

18 - FOGUETES:
Os foguetes tiveram enorme impacto durante a Segunda Guerra Mundial. Ativados de lançadores portáteis, como a bazuca americana e o alemão panzerfaust, permitiram a infantaria enfrentar os tanques na linha de frente. Lançadores múltiplos de foguetes, como órgão de Stalin foram uma multiplicação do seu feroz poder de fogo. As V-2 alemães foram os primeiros mísseis balísticos do mundo. Este programa mostra exatamente como essas armas revolucionárias funcionou.

19 - EMBARCAÇÃO VELOZ DE ATAQUE:
Rápidos barcos de patrulha, armados com torpedos e metralhadoras, os E-boats, e também os PT americanos, foram os hábeis e velozes atacantes dos mares. Este programa analisa alguns dos seus ataques mais espetaculares, bem como o incidente envolvendo o futuro presidente dos Estados Unidos, John Kennedy, em um confronto com um destróier japonês.

20 - A METRALHADORA:
Ao contrário da Primeira Guerra Mundial, a metralhadora não dominou o campo de batalha da Segunda Guerra Mundial, mas manteve-se uma arma muito potente. Incorporados nas asas de aviões de caça, como o Spitfire e Messerschmitt, ou usado pela infantaria no campo de batalha como uma metralhadora, esta causava grande impacto sobre as forças inimigas. Este programa olha para as suas muitas formas de utilização e sua influência sobre a guerra.

TORRENT + LEGENDA
704x528p | 560 mb aprox. por episódio

Nenhum comentário:

Postar um comentário