20/01/2016

O Silêncio do Mar (1949-2004)

Título Original: Le silence de la mer
Ano: 1949
País: França
Gênero: Drama
Duração: 88 min
Direção: Jean-Pierre Melville
Trailer: Assistir

Sinopse: Com a tomada da Alemanha sobre a França, tio e sobrinha são obrigados à hospedar um oficial alemão em sua residência. Como saída ao desconforto da presença de um estranho em seu lar, passam a ignorá-lo. Não intimidado pelo silêncio de ambos, o oficial frequenta a sala todas as noites com o pretexto de aquecer-se. Fala sobre seu amor à França e à arte, e acredita de forma inocente nos ideais nazistas. A inocência se desfaz para o oficial, quando toma consciência da realidade crua da guerra que defendia.

Elenco: Howard Vernon, Nicole Stéphane, Jean-Marie Robain, Ami Aaröe, Georges Patrix, Denis Sadie

512x384p | Fonte: spprimeirap.blogspot.com.br

=========================== Filme Bônus ===========================

Título Original: Le silence de la mer
Ano: 2004
País: França, Bélgica
Gênero: Drama
Duração: 100 min
Direção: Pierre Boutron
Trailer: Assistir

Sinopse: 1941. Os alemães estão ocupando a França com o apoio do presidente, Marechal Pétain, que era considerado um traidor. A Resistência Francesa luta pela libertação, pois não aceitavam a submissão do Estado Francês ao poder nazista. Neste contexto, vive Jeanne (Julie Delarme) com seu avô (Michel Galabru) paterno que orgulhosa, mas reservada, trabalha como professora de piano com demasiada paixão, chegando a desprezar o sálario somente para poder lecionar. Um dia sua casa é visitada por oficiais alemãos que desejam hospedar o Capitão Werner Von Ebrennac (Thomas Jouannet) recém chegado para combater a Resistência. Um misto de ódio e amor se misturam nesse relacionamento entre o Capitão Werner e Jeanne, fazendo dessa trama um dos mais belos filmes sobre guerra.

Elenco: Julie Delarme, Michel Galabru, Thomas Jouannet, Marie Bunel, Timothée Ferrand, Jean-Baptiste Puech, Jorg Schnass, Jorn Cambreleng, Franck Beckmann, Alexander Ashkenazy, Hélène Vauquois, Jean Philippe Mesmain, Lucie Barret, Claude Andrzejewski

Nenhum comentário:

Postar um comentário